Notícias
Solsef
A noite em que a Bela Adormecida foi solidária
Começava a noite de 2 de dezembro de 2015 quando as pessoas se deixaram ser picadas pelo fuso da roca da solidariedade. Ao longo de quase dois meses, divulgámos esta iniciativa com a ajuda de todos vós: enviámos e-mails, publicámos no facebook, fizemos uma nova fotografia de capa, desenhámos um convite. Falámos com amigos, colegas, familiares. E esses amigos, colegas, familiares falaram com outros tantos. E chegámos a meio de novembro com todos os convites atribuídos. Através de um donativo para a Sol sem Fronteiras, a partir de 12€, atribuimos 196 convites a 196 pessoas. E ontem, foi o grande dia, ou, aliás, a grande noite. Sentem-se, o espetáculo vai começar!
 
 
 
Às 20:30h era a hora combinada à porta do Teatro Nacional de São Carlos e lá estávamos nós, bem como todas as pessoas que iam chegando para poderem ocupar os seus lugares. Aí tínhamos, em conjunto com as outras 3 associações, uma banquinha para expor alguns dos nossos produtos e informação institucional. Muitas das pessoas que chegavam vinham ao nosso encontro e depois eram encaminhadas para os seus lugares. A primeira opinião geral foi de que a Solsef tinha excedido as expectativas no que toca à organização (os bilhetes, os contactos, os lugares que arranjou entre outras questões) e também de que o Teatro era lindíssimo.
 
 
Pormenor do teto do Teatro, onde se veem também alguns camarotes.
 
 
 
O bailado começou e durou 2h45m de magia, de elegância, de emoção, mas também de solidariedade. A sala estava completamente cheia de pessoas que vieram assistir ao despertar da solidariedade - quando a cultura se alia à bondade não há como continuar adormecido. Cada uma destas pessoas fez um donativo para uma instituição ali estava a assistir a um espetáculo sem igual.
 
 
 
 
Nos dois intervalos com que o bailado contou, os responsáveis pela representação da Sol sem Fronteiras foram ter com todos aqueles que tinham adquirido bilhete através de um donativo para a nossa ONGD para entregar uma pequena lembrança: um envelope que continha um flyer institucional, um cartão informativo e um postal de Natal, escrito por nós. Um pequenino gesto para agradecer este enorme contributo que tornaram possível.
 
 
 O folheto informativo do bailado, juntamente com o envelope que entregámos durante o intervalo. E, sempre, o Teatro cheio.
 
No final voltámos a contactar todos os que foram ao Ensaio Geral Solidário para nos despedirmos pessoalmente e agradecermos terem participado neste evento.
 
E agora, voltamos a agradecer - obrigado, muito obrigado a todas as 196 pessoas que nos prestaram um donativo e assim adquiriram um convite para o Ensaio Geral Solidário; obrigado também a todos os que nos contactaram para o mesmo fim, mas já não tínhamos bilhetes disponíveis para atribuir. Obrigado à Companhia Nacional de Bailado que fez um espetáculo maravilhoso, elogiado por todos com quem falámos. Obrigado ao sr. Luis Moreira, responsável pelo Ensaio Geral Solidário, que nos deu esta oportunidade e esteve sempre disponível para qualquer questão. Obrigado à Associação Auxilio e Amizade, ao Projeto Escolhas João de Deus e à Associação Salvador que participaram também neste evento e sempre demonstraram espírito de entre-ajuda.
 
Obrigado a todos vós. Conseguimos angariar mais de 2500 euros para o projeto "Juntos na Aprendizagem" que pretende reforçar o complexo de apoio ao ensino secundário de Itoculo, em Moçambique.
 
 
Despertamos a solidariedade e fizemos o Sol nascer para todos!
 
O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt