Notícias
Solsef
Acreditar que é Possível Sonhar
 

Com o aproximar do vigésimo aniversário de Solsef, os Jovens Sem Fronteiras (JSF) reforçam a sua vontade continuar a fazer parte e a trabalhar para o sucesso deste grande projeto solidário que é a sua associação. Reproduzimos aqui o artigo elaborado pela Presidente do movimento JSF.

 
 
"Acreditar que é possível sonhar e querer fazê-lo”, assim se dirigiu Nadia Espada, presidente da Solsef, a todos os animadores reunidos na Silva, Barcelos, por ocasião do Encontro Nacional. Nem todos lá estavam para ouvir o que foi feito e o que está para vir, no entanto, tornar a Solsef cada vez mais nossa é o objetivo e para isso sonhemos sim, para depois pôr mãos à obra.

São 20 anos a trabalhar, em 2013 não é diferente se queremos dizer com verdade que o sol nasce para todos. Lema antigo, imagem renovada, quanto ao espírito, esse é o de sempre: solidário, jovem, credível, apostando no desenvolvimento sustentado e sempre sem fronteiras. Viver num mundo com igualdade de oportunidades rumo ao desenvolvimento sustentado faz-nos sonhar acordados desde 1993. Jovens que ajudam jovens na educação, nos cuidados de saúde, promovendo o desenvolvimento das comunidades, desde o início em parceria com os Missionários do Espírito Santo, que bem conhecem o terreno e a realidade dos países lusófonos em vias de desenvolvimento.

Neste novo ano a Solsef promove o debate com a campanha 20 anos, 20 medidas, convidando todos a enviar sugestões que serão devidamente avaliadas e, caso se verifique a sua pertinência, aplicadas no futuro. Encontra-se em pleno funcionamento e com atualizações regulares o novo site (www.solsef.org) e está previsto o envio regular de uma newsletter. Além disso, procura-se reforçar esta proximidade com os JSF também com a realização de eventos solidários de norte a sul do país e organizando quatro Feiras Sem Fronteiras em 2013, uma em cada região. No Encontro Nacional na Freixianda cantámos pela voz dos JSF da Foz do Sousa "Nasceu o Sol”, hino da Solsef e somos agora desafiados a divulgar a associação junto do maior número de pessoas possível, fazendo nosso o objetivo de alcançar um total de 1000 sócios em 2014.

Entretanto os Projetos de Cooperação e Desenvolvimento não param e para já a construção e equipamento de uma biblioteca e sala de informática para os jovens de Itoculo, Moçambique, continua a ser uma meta a alcançar. Ao nível do Voluntariado um novo grupo Ponte se formou e ainda este mês começam a ser desenhadas as primeiras linhas orientadoras do Projeto que, após alguns anos, nos levará de volta a Itoculo, Moçambique. Na Educação para o Desenvolvimento somos chamados a trabalhar nas apresentações e debates junto dos mais novos com o projeto Escolinhas Solidárias, sensibilizando-os para questões ligadas ao desenvolvimento e mostrando que também eles podem ser mais solidários.

Alguns sonhos estão a ser trabalhados e postos em prática, outros surgirão, quem sabe indicados por ti ou pelo teu grupo. Ideias, pessoas, instituições, um vídeo que se vê ou um artigo que encontras enquanto navegas pela internet, todas estas são coisas a que podemos estar atentos, partilhar e trocar ideias para construir um mundo melhor.
 
 
Fonte: Salomé Peixoto, no jornal "Ação Missionária" de Janeiro de 2013
 
 
 
O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt