Notícias
Solsef
Assim correu a Formação de Primeiros Socorros 2020
A partir do passado fim-de-semana, já há mais uma turma de jovens preparados para agir em caso de emergência. E tudo graças à formação em Primeiros Socorros (com módulo específico para Voluntariado Internacional) implementada pela Solsef, que decorreu no sábado dia 1 e no domingo dia 2. 

A formação, que costuma ser realizada uma vez por ano, contou com uma turma de perfil heterogéneo. Entre os participantes encontrámos vários jovens interessados, de uma forma mais abrangente, na aquisição de competências em primeiros socorros. Por outro lado, participaram os voluntários do grupo Ponte, o projeto de voluntariado de curta duração da Solsef em parceria com os Jovens sem Fronteiras e os Missionários do Espírito Santo. Uma vez que este projeto os levará até à Amazónia, o grupo esteve muito interessado no módulo específico para voluntariado internacional. 

Formação em primeiros socorros Solsef 2020
Participantes na formação

Como nas edições anteriores, a formação conjugou as explicações teóricas com a realização de exercícios práticos. Assim, durante os dois dias de formação, os alunos tiveram oportunidade de realizar, com a ajuda e supervisão do formador Rui Branco, os exercícios precisos para assistir um doente em caso de urgência.

Formação em primeiros socorros Solsef 2020 Formação em primeiros socorros 2020
Parte teórica e exercícios práticos durante a formação


Já no domingo de manhã, a Dra. Rosa Teodósio, Professora Auxiliar de Clínica das Doenças Tropicais na Unidade de Clínica Tropical, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa, ficou encarregue por implementar o módulo específico para voluntariado internacional. A Doutora deu algumas luzes sobre os cuidados de higiene e saúde necessários a ter em conta em contexto de Voluntariado Internacional, nomeadamente em países tropicais com climas e realidades diferentes àquela a que estamos acostumados na Europa. Falou sobre algumas doenças infeciosas comuns e ainda deu dicas muito úteis para evitar os contágios, adaptando o seu discurso para a realidade da Amazónia, o local de realização do projeto de voluntariado Ponte 2021. 

A formação presencial contou com todas as medidas recomendadas pela DGS em relação à COVID-19. A sala contou com circulação de ar e ventilação e houve máscaras e álcool gel para os participantes, além de ser respeitado o distanciamento social.

Só nos resta agradecer ao IPDJ,I.P., cofinanciador desta iniciativa através do seu programa Formar + e à Competir Formação e Serviços S.A., entidade formadora e acreditadora. E um muito obrigado também à Congregação dos Missionários do Espírito Santo, que cederam o espaço para a formação. Obrigado!

Vê aqui a galeria 
O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2020 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt