Notícias
Solsef
O "aviário escolar" do CEIV acolhe os primeiros pintos

 

Os primeiros pintos acabaram de chegar ao "aviário escolar” do Centro Educacional Irmã Valdelícia (Contuboel, Guiné-Bissau), construído no âmbito do projeto "Aprendizagem Inclusiva” para garantir o abastecimento alimentar das cantinas escolares.


A equipa CEIVAVES, composta por Uié Djara Fati, Fatumata Djau, Aminata Djaló e Malam Sisse, é a equipa que ficou responsável pela gestão do aviário. Esta equipa apresentou a sua candidatura no contexto do curso de "Iniciativas de Empreendedorismo Local”, e foi escolhida pela comissão de avaliação como a mais realista e com a melhor otimização dos recursos, obtendo assim a maior pontuação. Assim, estes quatro alunos passarão desde já a ser os profissionais que irão garantir o sucesso da produção e a execução do projeto.




O curso de "Iniciativas de Empreendedorismo Local”, que decorre no Centro Educacional Irmã Valdelícia desde janeiro, serviu para os alunos aprofundarem os conceitos de marketing e gestão de projetos próprios, e ainda teve como parte prática a elaboração por grupos do formulário de candidatura para a gestão do "aviário escolar”. Uma equipa composta pela Irmã Ana Lúcia dos Santos (Diretora do Centro Educacional Irmã Valdelícia), a Inês Souta (Presidente de Sol sem Fronteiras), o Edson Incopté (Responsável pelo Acompanhamento do projeto Aprendizagem Inclusiva) e o Saibana Baldé (Responsável pela formação em "Iniciativas de Empreendedorismo Local”) foi a comissão encarregue de escolher a melhor candidatura apresentadas pelos alunos.


O projeto "Aprendizagem Inclusiva” é fruto da parceria entre a Solsef e a Congregação Santa Teresinha do Menino Jesus, e é cofinanciado pelo Instituto Camões. I.P.


 

 


O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram
Copyright 2019 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt