Notícias
Solsef
Ponte, uma experiência transformadora

Raquel Silva, 19 anos, estudante de Sociologia e voluntária no projeto Ponte 2018


"Há cerca de um ano atrás começou esta aventura, esta linda Ponte missionária que me permitiu conhecer o lugar tão especial que é Itoculo. Parti como voluntária através das vagas da Solsef e lá fui eu rumo à minha primeira grande experiência missionária, e, de facto, não podia ter pedido melhor missão, melhor grupo, melhor equipa missionária e não podia estar mais feliz e mais agradecida por ter podido fazer parte deste grande projeto.


Guardo Itoculo no coração com uma profunda saudade. Saudade das pessoas que conheci, das alegres e ritmadas missas dominicais, da apresentação às comunidades com um discurso em macua que se tornou uma constante ao longo do mês: "salama, nsina naka Raquel Silva, kinkuma oPortugal", da tão famosa chima com feijão, do ritmo dos batuques a animar o ambiente, do olhar brilhante e da hospitalidade do povo macua, dos sorrisos genuínos daquelas crianças cheias de vida, dos buracos naquelas estradas de terra batida em que até o jipe da missão dançava e até do despertar diário às 06h da manhã para começar bem o dia.


Confesso que quando penso nesta missão de amor sem medida, tudo me parece um sonho. Digo isto porque normalmente consideramos que estas coisas tão boas só acontecem nos sonhos. Mas não, aconteceu, foi real e eu pude fazer parte disso. Só queria que os meus sentidos tivessem uma super memória para que pudesse recordar tudo o que vivi e toda a felicidade que senti.


Experiências como esta são transformadoras, não nos deixam indiferentes e ensinam-nos grandes lições de vida. Aprendi que não é preciso muito para ser feliz e que o melhor testemunho de missão é com a própria vida, é sair da nossa zona de conforto, é sair de nós próprios para ir ao encontro do outro. É, por isso, que aconselho todos a deixarem-se envolver pela missão e a experimentarem a alegria de ser missionário.


Por Ele partimos e por Ele regressamos, com a saudade no coração e a vontade de continuar a edificar esta Ponte que nos une eternamente àquele lugar e àquele povo que nos acolheu de forma tão calorosa e o compromisso de dar o nosso testemunho, para que através das nossas palavras e da nossa alegria possamos espalhar por toda a parte este amor maior que nos fez partir e deixar que todos conheçam e se deixem envolver por Itoculo, tal como aconteceu connosco.


Regressada desta Ponte, senti que tinha que continuar a preencher o espaço que a missão abriu no meu coração, por isso, daqui em diante partilho deste ideal de "estar perto dos que estão longe, sem estar longe dos que estão perto" e assim, contribuir para que o sol possa nascer para todos.


Por tudo o que vivi só tenho a agradecer. Por isso: Itoculo, koxukuru vanjene, mpaka nihiku nikina (Itoculo, estou muito agradecida, até outro dia)."

 



Raquel Silva com a comunidade de Itoculo no âmbito do projeto Ponte 2018



E tu, já pensaste em participar num projeto de voluntariariado de curta duração? As candidaturas para a Ponte 2019 estarão abertas até 31 de outubro.


Só tens de:


1) Ler o regulamento e perceber se te identificas com o projeto;



2) Preencher o formulário de candidatura;



3) Enviar um e-mail para info@solsef.org a demonstrar interesse em te candidatares. Não te esqueças de anexar o teu CV e o teu NIF.


 

O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt