Notícias
Solsef
De: Amigos Solsef | Para: Crianças da Guiné

Foi na noite de 7 de dezembro do ano passado que nos juntámos na Escola Hotelaria e Turismo de Lisboa para um Jantar de Natal solidário. Comemos muito bem, deliciámo-nos com a música dos irmãos Madaleno e… escrevemos um postal de Natal.


Para quem? Para as crianças das diferentes escolas apoiadas pela Solsef, cujas informações estavam distribuídas pelas mesas. Neste momento, já chegaram ao seu destino os postais escritos para a Escola Primária de Bajob, a Escola Primária de Mata de Ucó, a Escola Primária de Bariepinde e a Escola Primária de Batau – estas quatro em Calequisse, apoiadas pelo projeto Edificando Educação, cofinanciado pelo Camões, I.P.. Mas também para o Centro Educacional Irmã Valdelícia, em Contuboel, que será apoiado pelo projeto Aprendizagem Inclusiva ainda este ano.


Nas quatro Escolas Primárias de Calequisse, as crianças adoraram e têm escrito, inclusivamente, várias respostas! O Ricardo Peres tem aproveitado as formações em Animação Sociocultural para distribuir os postais com uma dinâmica incorporada. Primeiro, o professor ou o formador penduram os vários postais no topo da sala, e cada criança escolhe um postal. De seguida, a criança (se já souber) ou o professor ou o formador leem o postal em voz alta. No final, cada criança constrói uma resposta ao postal que lhe calhou – escrita, se já souberem, em desenho ou em música.


 

Exemplos de respostas em texto (à esquerda), em desenho (à direita) - ambas da Escola Primária de Bajob. Em baixo, uma resposta escrita e ilustrada, da Escola Primária da Mata de Ucó.





 

Escola Primária de Batau                                                                            Escola Primária de Mata de Ucó

 

Escola Primária de Bajob                                                                           Escola Primária de Bajob

 

Escola Primária de Bajob                                                                            Escola Primária de Mata de Ucó

Crianças escolhem e leem o seu postal - por vezes, com a ajuda do professor.


No Centro Educacional Irmã Valdelícia, em Contuboel, a Irmã Ana Lúcia, responsável pela escola, aproveitou a visita da Libertad durante o mês de fevereiro para também distribuir os postais pelos seus alunos, lendo-os em voz alta - o que fez as delícias das crianças da Primária.



Uma turma de crianças da primária depois de ter recebido e ouvido os postais de Natal.

Obrigado a todos os que participaram nesta dinâmica! Levaram até a Calequisse e até Contuboel palavras de pessoas que estas crianças desconheciam mas que sabem ter tirado um pouco do seu tempo para se concentrarem só neles.

Quanto aos postais enviados para Itoculo (Lar feminino Eugénie Caps e Lar masculino Beato Daniel Brottier) teremos notícias em breve, que também partilharemos convosco.
O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt