Notícias
Solsef
Aquisição de equipamentos no âmbito do projeto CRECEF

Os equipamentos adquiridos no âmbito do projeto Crescer e Florir em Comunidade - que decorre na cidade de Conselheiro Pena (no Brasil), fruto da parceria entre a Sol sem Fronteiras e as Irmãs Missionárias do Espírito Santo e com o financiamento das Campanhas de Solidariedade da Família Espiritana - já estão a ser usados no Centro Social que leva o mesmo nome. Estes equipamentos irão contribuir para apoiar o desenvolvimento de atividades comunitárias destinadas a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. 


No âmbito do projeto, foram adquiridos vários equipamentos informáticos - quatro computadores, uma impressora , um retroprojetor e outros materiais necessários - que servirão para realizar atividades com os jovens e assegurar o acompanhamento escolar, assim como o acompanhamento psicológico e familiar e tudo o que for importante para o seu crescimento académico e humano. 



Projeto Crescer e Florir em Comunidade da Sol sem Fronteiras

A Irmã Rosenir Soares com alguns dos equipamentos adquiridos no âmbito do projeto.


A Irmã Rosenir Soares, responsável pelo projeto em terreno, partilhou connosco esta carta onde descreve as dificuldades que enfrentou o projeto devido à pandemia da Covid-19 e onde agradece a todos os que apoiaram este projeto através das Campanhas de Solidariedade da Família Espiritana:


"Crescer e Florir em Comunidade acompanha jovens em idade escolar seguido de um acompanhamento psicológico, familiar e tudo o que for importante para o crescimento acadêmico e humano. Eis o objetivo desta obra que as Irmãs Missionárias do Espírito Santo tenta realizar desde 2019 com os leigos e outros membros da Paróquia São José de Conselheiro Pena.


Esses jovens ainda hoje apresentam situações familiares muito delicadas e são conhecidos primeiramente pelas irmãs no trabalho de acompanhamento escolar. A partir deste contato eles são convidados a irem ao CREFEC para beneficiarem do projeto que há tempos atrás oferecia tempos de estudos, lazer educativo, sessões e aulas de francês, inglês e português, trabalhos manuais tais como pintura em tecido, culinária, crochê, bordado.

Com a chegada da pandemia o projeto parou de funcionar até segunda ordem. Isto é para nós um momento de repensar de como retomar esta atividade, de alargar os horizontes a nível das atividades, dos tempos empregados, dos contatos com os jovens (não somente em ligação com a escola, mas ir ao encontro de famílias carentes), melhorar o acompanhamento. Tudo isto é para nós um grande desafio.

O que se fez neste ano de 2021 para o CREFEC. No mês de abril, tentamos entrar em contato com as famílias dos jovens já existentes numa lista nominal. Através dos endereços fomos ao encontro delas e deparamos com uma dificuldade tremenda: muitos não constam no endereço citado, outros já mudaram de residência, outros deram endereços falsos….mas encontramos alguns que estão dispostos a retomarem a caminhada. Com o agravamento da pandemia na cidade de Conselheiro Pena não foi possível dar continuidade a este processo.


No fim do mês de setembro do corrente ano fomos às escolas falar com os diretores sobre o nosso interesse de dar continuidade ao acolhimento, escuta e acompanhamento dos jovens que apresentam qualquer dificuldade no recinto escolar seja ele comportamental, moral, afetivo…As aulas recomeçaram no último dia quatro de outubro, porém a semana do 11 ao16 é dedicada às crianças visto o dia 12 ser o dia delas aqui no Brasil.


Nosso projeto para o futuro é acionar novamente os diretores, visitar as famílias carentes e tentar formar o grupo para atividades do CREFEC para fevereiro de 2022. Estamos neste momento tentando sair de um período obscuro da pandemia que continua a alastrar o país, a região, a cidade. Por outro lado, visto que é um projeto que pertence á Paróquia de São José, devemos esperar a tomada de posse do novo pároco que será fins de outubro deste ano. Com toda esta realidade desejamos recomeçar com força em fevereiro de 2022.


Para nós, irmãs espiritanas é muito gratificante saber que muitos abraçam connosco esta causa em prol dos jovens carentes desta cidade. São tantos os benfeitores sejam eles a dar tempo, a orar pela obra, ou a colaborar com dons materiais ou outro. Agradecemos à Solsef que não mediu esforços em nos ajudar financeiramente, através das Campanhas de Solidariedade da Família Espiritana, na compra de quatro computadores, uma impressora , um retroprojetor e outros materiais necessários ao funcionamento das atividades com os jovens. O nosso muito obrigado e pedimos ao Senhor que vos abençoe abundantemente. Que Ele seja a nossa esperança em tudo o que somos e em tudo o que fazemos."


Conselheiro Pena 14/10/2021

Ir. Rosenir Soares


 


O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt