Notícias
Solsef
História de vida | Ismael Bari

A pequena vila de Contuboel, na Guiné-Bissau, está atravessada por uma estrada principal que divide a aldeia em duas metades. O trânsito para Bafatá e para a horta comunitária à volta da vila fazem deste caminho um dos lugares mais movimentados da aldeia, e talvez devido a isso, em ambos os lados da estrada foram surgindo muitas das lojas e negócios que dão vida a Contuboel.


É numa destas lojas, uma mercearia com imensa variedade de produtos, que o Ismael Bari passa grande parte do seu tempo. A sua mãe foi quem começou com o negócio uns anos atrás, quando a concorrência não era tão grande. Isto permitiu que tanto o Ismael como os irmãos saíssem de Contuboel na procura de uma vida mais próspera. O Ismael estabeleceu-se em Bissau, e os irmãos tentaram a sorte em Portugal e na Bélgica.


História de Vida de Imael

O Ismael na sua mercearia


Mas entretanto, a mãe ficou doente e o Ismael, que estava mais perto, teve que regressar a Contuboel para tomar conta do negócio familiar. Apesar de ter implicado uma mudança importante na sua vida, o Ismael está feliz com a sua decisão. Como os seus irmãos estão fora, acha muito importante estar perto da família que ficou na Guiné-Bissau.


A mercearia de Ismael é a loja de confiança das Irmãs da Missão de Contuboel, nossas parceiras no projeto Aprendizagem Inclusiva, cofinanciado pelo Instituto Camões, I.P.. Como as Irmãs, muitas pessoas acodem diariamente junto dele, porque sempre atende os clientes com genuína confiança e com um sorriso na cara, apesar dos longos dias de trabalho, que começam às 7h00 e duram muitas vezes até às 22h00.


Contudo, manter um pequeno negócio nem sempre é fácil, e também não o é na Guiné-Bissau. O setor privado do país é constituído por micro e pequenas empresas como a do Ismael, que enfrentam diferentes barreiras.


Uma das mais importantes é o défice de capacitação, tanto da mão de obra como dos gestores, que, no entanto, se tem vindo a trabalhar nos últimos anos através de projetos de cooperação internacional. Um exemplo disso, na própria Contuboel, foi a formação em Iniciativas de Empreendedorismo Local, implementada pela Solsef no âmbito do projeto Aprendizagem Inclusiva.


Também é um desafio contornar todas as barreiras relacionadas com a realidade das infraestruturas guineenses. Por exemplo, em Contuboel o forcecimento elétrico não é constante, o que dificulta, no caso do Ismael, a conservação dos alimentos para a venda.


Outro desafio é o elevado preço dos produtos. A Guiné-Bissau importa muitos dos bens de consumo, nomeadamente a Portugal (17,33%) e ao Senegal (13,66%), e isto encarece o seu preço final, tanto para os intermediários como o Ismael, como para o consumidor final.


Não obstante, o Ismael acredita na contribuição do seu negócio para a comunidade de Contuboel, e não se arrepende da decisão de voltar. Quer continuar a ficar próximo das pessoas e ajudar aos seus vizinhos sempre que possível. Desde aqui fica a nossa força para que continue com a sua missão!


O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2020 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt