Notícias
Solsef
Visita de identificação de projeto no Estado do Pará, no Brasil
A Raquel Carreira, da equipa executiva da Sol sem Fronteiras, partiu na passada segunda-feira para o Brasil. Mais concretamente para o Estado do Pará, no norte do país, onde já está a trabalhar na identificação de um possível projeto de cooperação internacional. 

Identificação de um possível projeto de Rádios Educativas


Este projeto pretende contribuir para o desenvolvimento de quatro rádios educativas que, devido às características geográficas da região, são essenciais para a comunidade, servindo-a em três diferentes vertentes. Por um lado, as rádios têm uma função informativa, oferecendo notícias, informação municipal, informações sobre agricultura e pesca ou cultura. Por outro lado, estas emissoras ajudam na comunicação entre as vilas e entre as famílias, sendo usadas para dar notícias sobre acontecimentos familiares, como nascimentos ou doenças, e para marcar encontros. Uma terceira vertente é a da sensibilização para diferentes questões, que se revelou muito útil desde o início da pandemia pois ajudou na consciencialização e formação dos cidadãos no relativo às medidas de prevenção e higiene frente à Covid-19.

A importância das rádios para as comunidades ribeirinhas


A especial importância das rádios para estas comunidades está determinada pela geografia da região. As quatro rádios abrangidas pelo possível projeto estão localizadas na bacia hidrográfica do Tocantins, com muitos rios de planície, muito caudalosos e propícios à navegação. Contudo, a zona na que se enquadrar-se-ia o projeto conta com um arquipélago com mais de 2500 ilhas e ilhotas, o que faz com que as comunidades ribeirinhas sejam de acesso limitado. É nesse sentido que a rádio se torna num elemento muito importante para o dia-a-dia dos seus habitantes, para a sua formação e para a coesão das comunidades.

A Raquel já reuniu com alguns dos atores principais do projeto


No seu primeiro dia no Brasil, a Raquel reuniu com o Bispo Espiritano D. Teodoro Mendes Tavares, que está a ser o seu guia durante estas semanas e que, caso o projeto resulte viável, será o responsável pelo acompanhamento da ação em terreno. No dia a seguir a Raquel partiu para São Sebastião da Boa Vista, onde reuniu com vários elementos da Rádio Magnificat, uma das rádios abrangidas pelo projeto. A reunião contou com a presença do P. Tadeu, diretor da rádio, P. Mateus (diretor de programação da Fundação responsável pelas rádios), com o D. Teodoro e com o Sr. Jocelino, responsável da programação da Rádio Magnificat. 

A Raquel com o Bispo Dom Teodoro Mendes Tavares 
A Raquel em reunião com o Bispo D. Teodoro, no seu primeiro dia no Brasil

A Raquel em reunião com elementos da Rádio Magnificat
Reunião com os elementos da Rádio Magnificat


Além de conhecer as instalações e os trabalhadores da rádio, a Raquel também está a conhecer algumas das comunidades às quais chegam as emissões, para tentar perceber o impacto real desse serviço na vida da população.

Pela frente, a Raquel tem mais duas semanas de trabalho na zona, do qual iremos partilhando notícias. Fica atent@!
O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt