Notícias
Solsef
Itoculo - Educar é Esperança
                A voluntária Maria de Fátima Simões de Almeida (Babuxa), de 62 anos de idade, partiu em missão para Itoculo, Moçambique em dezembro de 2014, pelo período de1 ano. 8 meses depois, fazemos um ponto de situação desta experiência, a fim de perceber como está a correr o voluntariado de longa duração e também qual é a situação atual do Projeto de Cooperação Internacional de Solsef "Lar Educação na Esperança”, construído em 2010 precisamente em Itoculo.

 

 

         Durante estes 8 meses, como tem sido o trabalho de Maria de Fátima (Babuxa) em Itoculo?

 

              "O meu trabalho na Missão Espiritana de S. José de Itoculo desenrola-se sobretudo nas áreas da saúde e da escolaridade infantil.Dou apoio ao centro de Nutrição, cuidando de crianças dos 0 aos 2 anos que estejam subnutridas e doentes (muitos deles são órfãos) e dou também apoio ao Jardim Infantil que recebe crianças dos 2 aos 5 anos de idade, provenientes de famílias muito pobres, abandonadas ou órfãs. É nesta pré-primária que as crianças são preparadas para a entrada na escola, adquirindo os conhecimentos básicos da escrita, da matemática, do desenho, dos trabalhos manuais, da ginástica e de muitas outras atividades lúdicas. Na área da educação, dedico-me ainda ao ensino básico de Francês às alunas residentes no Lar de Raparigas da Missão. Outra das minhas tarefas é uma visita frequente, junto da Irmã Augusta (responsável máxima da área da saúde da Missão), ao bairro desta comunidade, onde visito e presto todo o tipo de apoio a quem esteja doente. Por fim, 3 dias por mês, encarrego-me também dos ministérios da Comunicação Social e da Justiça e Paz, nas comunidades pertencentes a esta Paróquia. Mas, para mim, esta experiência trata-se sobretudo de uma grande dedicação e de muito amor que dou e recebo, todos os dias, ao povo de Itoculo”.

                                                       
                                
                           Maria de Fátima, muito feliz por trabalhar junto das crianças de Itoculo
 

 

              Sol sem Fronteiras tem desenvolvido uma forte ligação a Itoculo – para além do voluntariado de longa duração atual, já organizou um Projeto Ponte (em 2013) nesta região e três projetos de Cooperação Internacional – atualmente estamos a construir um Lar para Rapazes que faz parte de um projeto de reforço do complexo de apoio ao ensino secundário da Paróquia de S. José de Itoculo; há dois anos desenvolvemos o Projeto "Aprender para Desenvolver” onde construímos um biblioteca e sala de informática e em 2010 construímos o "Lar Educação na Esperança” para as raparigas de Itoculo poderem estudar em segurança.

 

 
 

         Maria de Fátima (Babuxa) tem também trabalhado junto deste Lar e conta-nos como está a ser abraçado pela comunidade e qual o seu impacto nas raparigas de Itoculo:

 

               "O Lar é um porto de abrigo fantástico para estas raparigas que aqui estão a viver e a estudar. São realmente muito alegres e muito bem acolhidas. Este ano estão cá 50 raparigas, mas os pedidos para acolhermos mais não cessam! Se o lar comportasse mais raparigas, tenho a certeza de que estaria sempre cheio, porque tem muito bons resultados.As famílias reconhecem que desenvolvemos um trabalho digno e que zelamos pelo futuro destas meninas-mulheres. O ambiente que se vive é muito alegre e elas respondem com entusiasmo a todas as tarefas que têm – são trabalhadoras, bem-educadas e, sobretudo, muito cumpridoras. Para além do estudo, estas raparigas trabalham muito na sua "machamba”, ou seja, a sua horta, onde cultivam muitos produtos hortícolas como se pode ver nas fotografias. É uma "machamba” exemplar! Outras atividades passam pelas aulas de costura, de música, ou canto.

                No fim de contas, o que mais destaco é que estas raparigas são muito companheiras umas das outras, muito felizes e isso é, sem dúvida, o mais gratificante.”

 
 
 
                            Jovens residentes no Lar                                  Raparigas na sua "machamba" exemplar
 
 
 
                           Raparigas laristas a estudar                              Uma das salas de estudo/trabalho do Lar
 
O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt