Notícias
Solsef
Ponte 2015 - «Homens, sede Homens!»

Juventude de Queimados desafiada a abrir horizontes!

 

 Os jovens que embarcaram nesta aventura chamada "Projeto Ponte 2015" já contam com três semanas de missão. Nestes últimos sete dias estiveram sobretudo junto dos jovens da  Escola Leopoldo Machado, tratando de temáticas fulcrais para o desenvolvimento da juventude e, assim, contribuindo para que o Sol nasça para todos. Leiam o testemunho dos nossos pontistas para ficarem a saber as atividades que desenvolveram e as emoções que viveram nesta 3º semana de Ponte:


"Mais uma semana! Mais uma aventura que nós vivemos nesta Ponte em Queimados! Como discípulos-missionários tivemos a oportunidade de entrar em contacto com a juventude e com os adultos que apostam numa melhor formação académica.

 
 

Desafio da semana…

        Para dar continuidade à nossa integração na realidade de Queimados, sentimo-nos desafiados a entrar no mundo escolar onde vários adolescentes, jovens e adultos se formam para um mundo melhor. A nossa presença na escola Leopoldo Machado ajudou a desenvolver alguns pontos de reflexão para que estes estudantes pudessem ser despertados para as questões humanas. Na verdade, muitas das problemáticas vividas nesta periferia são encaradas como tabus, como se tivessem medo de as enfrentar. Com a nossa proximidade com a comunidade académica fomos apercebendo que, de facto, existe uma separação entre a formação escolar e uma formação humana e cívica. Na escola  fornecem uma formação só e meramente académica, esquecendo outros valores que são essenciais para uma melhor integração na vida social. A diretora desta escola salientou que, ao longo deste ano letivo, houve vários alunos que tiveram problemas do foro judicial e psicoafetivo, tais como adolescentes ou jovens que já têm um registo criminal, familiares que têm ou que já tiveram problemas com a justiça - o que se reflete nos comportamentos dos alunos -, outros que possuem a necessidade de se sentirem amados pelos seus familiares…

        O nosso desafio foi, ao longo de uma semana, conseguir consciencializar os alunos desta instituição à necessidade de valorizar a dignidade humana partindo de vários pontos de vista. As grandes temáticas desenvolvidas foram a «Sexualidade e Afetividade», a «Violência e Drogas», a «Cultura e Preconceito» e a «Educação para Cidadania». Os temas foram bem acolhidos por parte dos docentes, pois já pretendiam desenvolver estas temáticas, mas nunca encontraram um modo adequado para as abordar, daí que muitos professores tenham afirmado: "Vocês foram uma bênção de Deus para a nossa escola!”.

 
                             Pontistas com os alunos da escola Leopoldo Machado no último dia das formações
 
 

Apostar na formação humana…

        Devido à pouca informação sobre estas temáticas por parte dos alunos, tentámos consciencializar e formar os jovens para que estivessem mais atentos aos problemas que existem à sua volta. No campo da «Sexualidade e Afetividade» alertou-se que a sexualidade é muito mais do que as relações sexuais, mas uma via que deve ser vivida com muita consciência, pois existem muitos riscos que facilmente se esquecem. Na área da «Cultura e Preconceito» tentou-se abrir os horizontes para que não tivessem medo de aceitar as diferenças culturais e humanas. Na «Educação para a Cidadania» sublinhou-se dois aspetos: todo o ser humano possui direitos e deveres e que ninguém tem o direito de os negar; todo o ser humano deve respeitar a diferença e a igualdade entre o homem e a mulher no mundo atual. Por fim, através da «Violência e Drogas» preveniu-se para os diversos problemas que estes trazem para as suas vidas e para a sociedade. A melhor forma de combater esta problemática é sentir que cada um é responsável pelos seus atos, sabendo que estes influenciam o bem-estar de todos os cidadãos.

        A visita de D. Luciano Bergamin, Bispo da diocese de Nova Iguaçu, incentivou para que a nossa missão continue a ser feita com dedicação pois é uma pequena semente que lançamos na vida destes centenas de jovens com quem nos cruzamos ao longo desta semana. Isto faz-nos recordar as palavras proferidas pelo Beato Paulo VI, no Santuário de Fátima, em 13 de Maio de 1967: «Homens, sede Homens. Homens, sede bons, sede cordatos, abri-vos à consideração do bem total no mundo. Homens, sede magnânimos!». Uma semana não dá para alcançar grandes prodígios, mas é uma pequena porção para que o prodígio aconteça na vida social da Baixada Fluminense, através destes jovens.

O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt