Notícias
Solsef
Ponte 2015 - Na hora do regresso

Hoje, dia 31 de Agosto de 2015 marca o regresso dos nossos voluntários que embarcaram há um mês nesta aventura chamada Projeto Ponte 2015 – a quem carinhosamente chamamos de Pontistas.

 

Em Lisboa, o dia amanheceu incerto – nuvens dúbias cobriam o céu por onde horas mais tarde rompia o avião que trazia os nossos Pontistas de Terras de Vera Cruz – mas nada iria toldar o Sol das nossas caras neste dia tão especial!

 

Assim sendo, à hora prevista estávamos muitos no Aeroporto de Lisboa - todos os que tivemos oportunidade para ir ao aeroporto receber estes jovens participantes no Projeto Ponte 2015.

 

Após alguns atrasos aéreos, eis que vemos o nosso grupo chegar, com as camisolas amarelas e os sorrisos rasgados que os distinguiam dos demais passageiros. Chamámos por eles, saltámos e tentámos tirar-lhes fotografias, mas, sorrindo sempre, pediam que tivéssemos calma e dirigiam-se a nós com um olhar que prometiam ter algo mais para nos mostrar...

 
 
 
           Jovens Pontistas regressam com sorrisos e braços abertos mas... o que tinham preparado?
 

Foi então que se colocaram em grupo, pousaram as malas e se entreolharam, cúmplices, para dar início a um dos momentos mais bonitos a que o Aeroporto de Lisboa assistiu no dia de hoje: Luís Rafael, jovem Pontista, tocou guitarra e todos os outros voluntários de curta-duração acompanharam com uma canção repleta de alegria e, sobretudo, interpretada com vozes cheias de felicidade e entusiasmo.

 
 

 Cantaram para nós, cantaram para eles, cantaram para quem foi e para quem ficou, em Portugal e no Brasil.


 

Foi só quando as vozes cessaram e a guitarra vibrou a sua última corda que todos corremos a abraçar os nossos voluntários, com poucas palavras e muitos abraços, beijos, sorrisos e também, claro, lágrimas. Foi o momento em que demos as boas vindas a este grupo que viveu um mês diferente, um mês de missão, um mês de crescimento, um mês de Ponte. 

 
                         O momento dos abraços de boas-vindas, bem apertados e muito sentidos
 

Ficam as fotografias, os vídeos, e a certeza de que o mês pode ter chegado ao fim, mas estes discípulos missionários continuarão sempre a caminhar na alegria.

Resta apenas agradecer, em nome de todos: os que partiram e os que ficaram, ao IPDJ que, ao apoiar a Sol sem Fronteiras, tornou possível que este projeto de voluntariado se concretizasse. Foi um mês que sem a vossa contribuição teria sido muito, muito diferente para os Pontistas, para a Solsef, e para a comunidade de Queimados. Obrigado!
 
 
 

Bem-vindos, Pontistas!

O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt