Notícias
Solsef
Ponte 2020 | Apresentação dos voluntários

A Ponte é um projeto de voluntariado jovem de curta duração que decorre cada ano ao longo de aproximadamente um mês. É possível graças à parceria entre os Jovens Sem Fronteiras, a Congregação dos Missionários do Espírito Santo e a Sol sem Fronteiras. Ainda que a experiência decorra durante o verão, o processo começa vários meses antes. Os jovens participam em atividades em grupo, para fortalecerem os vínculos entre eles; de reflexão, para realizarem a experiência de uma forma plenamente consciente e pelos motivos certos; e de formação, para garantir a segurança e os cuidados da saúde durante o voluntariado.


Este ano, o grupo "Ponte” rumará até Tefé, na Amazónia Brasileira, onde os voluntários assumirão a responsabilidade de trabalhar em diversas áreas como a educação, a saúde, a formação de líderes de comunidade, a promoção da criança, a promoção dos direitos humanos e a ecologia.


Estes são os missionários que dão a cara pelo projeto Ponte 2020:




Pedro Almeida

Um jovem de 20 anos que estuda Marketing e Publicidade. Proveniente de Fernão Ferro. A sua caminhada JSF faz em maio 3 anos. Foi esta mesma caminhada que o fez encontrar-se na fé com o poder da missão. É assim que ele lida com o seu dia-a-dia acolhendo o toque da missão: a vontade de partilhar o amor de Deus através da partida e do seu próprio amor.


Sofia Simões

A Sofia tem 20 anos e trabalha como modelista. Entrou no movimento JSF há 5 anos atrás e desde então participou em 4 Semanas Missionárias e numa Peregrinação a Santiago de Compostela. Sente que esta será uma oportunidade de grande crescimento pessoal e espiritual e também uma grande aventura. Está certa de que tudo será fonte de ensinamentos para não baixar a cabeça e se o remo cair à água terá a força que vem de Deus para remar sem medo de arriscar!


Simone Fernandes

A Simone tem 21 anos e frequenta o Mestrado em Química, no Porto. Faz parte dos JSF de Carvalhal desde 2015 e pertence à Fraternidade Família Missionária. Desde que entrou no movimento, viveu 3 Semanas Missionárias que lhe trouxeram um novo significado à palavra "servir”: deixar o Espírito Santo guiar, na esperança que, um dia, vejam em nós o Amor de Deus. Diz-se "pontista por herança”, pois já o seu pai tinha participando na "Ponte 1994” na Guiné-Bissau.

 

Marisa Campos

A Marisa tem 20 anos e estuda Medicina. Foi na sua terra, S. Pedro de Rates (Póvoa de Varzim), que cresceu a vontade de estar ao lado dos que mais precisam. Pertence há quase 3 anos aos JSF de Santo Ovídio e já participou em 2 Semanas Missionárias. Decidiu fazer o que o seu coração já pedia há muito tempo: ir um pouco mais longe. Mais longe do seu conforto, do que acha que é capaz, de si mesma... tudo para chegar mais perto de outras pessoas e de Deus.


Sandro Ferreira

O Sandro tem 22 anos, estuda Engenharia Informática e é de Monte Abraão (Sintra).

Em 4 anos de caminhada JSF, já fez 2 semanas missionárias. Parte em Ponte porque quer poder dar muita alegria e acima de tudo, quer estar lá por Deus e para Deus. Deseja que esta experiência - "onde irá estar perto dos que estão longe" - o enriqueça enquanto pessoa e que o ajude a entender cada vez melhor o significado de ser missionário.


Andraws Santos

O Andraws tem 25 anos, é licenciado em Matemática e apaixonado pela música. Pertencente aos JSF Fernão Ferro, parte nesta missão com a vontade em servir e levar o Evangelho de Cristo ao povo amazonense, mas tendo a certeza de que vai receber muito mais do que aquilo que é capaz de dar. Esta é uma citação que o ajuda a perseverar na fé: "Quem não vive para servir, não serve para viver”.


Gabriela Loureiro

A Gabriela é formada em Engenharia e Gestão Industrial, trabalha na área logística e pertence ao JSF Braga. Para a Gabriela partir é responder ao apelo que o Papa Francisco uma vez fez aos jovens: "Lançai-nos Senhor na aventura de construir pontes e derrubar muros... Envia-nos a partilhar o vosso amor misericordioso".


Padre Vítor Ferros

O Pe. Vítor tem 46 anos e é de Barcelos. Fez estágio em Cabo Verde, depois foi enviado numa primeira nomeação para o Brasil, Amazónia e depois para São Paulo. Regressado à Província Portuguesa abraçou o trabalho da Pastoral Vocacional e a Pastoral do Jovens, sendo assessor dos JSF na Região Minho. Regressar à Amazónia é saborear a partida para o "primeiro amor” da missão, partilhar alegria de ser missionário, de alma e coração cheio, espalhando a Boa Nova, na grande Catedral Verde plena de Vida.


Marisa Alves

A Marisa tem 20 anos, estuda Design e Multimédia na Universidade de Coimbra e pertence ao grupo JSF Fárrio, da Região Centro. Com os JSF, já partiu em Semana Missionária, a participou na Peregrinação a Taizé na Semana Santa e na Peregrinação a Santiago de Compostela. Este percurso fez crescer um si uma força que a leva a partir no Projeto Ponte 2020.



O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2020 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt