O que fazemos
Solsef
Todos Contam!
Todos Contam! - Literacia Financieira Solsef


Título do projeto

Todos contam!


Objetivo Geral

Promover a "educação financeira” no âmbito da Educação para a Cidadania;


Objetivos Específicos

a.- Promover nos alunos a compreensão de conceitos financeiros básicos;

b.- Contribuir para a aptidão dos alunos na gestão das finanças pessoais;

c.- Reforçar as competências dos alunos para tomar decisões e efetuar escolhas informadas na área financeira;

d.- Criar consciência nos alunos sobre comportamentos solidários vindos das decisões adotadas no âmbito da gestão das finanças.


Dinâmica de intervenção


Realização de sessões formativas, entre 30 e 45 minutos, em contexto escolar.


Público Alvo


Alunos do 1º ciclo ao Secundário.


de participantes/sessão

Até 50 alunos (dependendo das características da turma).


Temas abordados na sessão

Os temas abordados na sessão serão alvo de adaptação, através das dinâmicas aplicadas, dependendo do nível de escolaridade da turma e do conteúdo programático da disciplina que acolhe a sessão:


1. Do essencial ao supérfluo: Necessidades e Desejos

Pegando até do ponto de vista dos direitos humanos e bens essenciais, refletir sobre direitos, necessidades e desejos. Identificar e diferenciar desejos e necessidades. O que acontece a alguém quando os seus desejos não são satisfeitos? O que acontece a alguém quando as suas necessidades não são satisfeitas?

 

2. Entre o querer ter e o pensar antes de comprar: despesas e rendimentos 

Identificar a diferença entre despesas e rendimentos e os princípios básicos de balancear um orçamento familiar.

 

3. Do poupar vem o Ter: a importância da Poupança

Poupar… para quê? Identificar situações que se conhecem antecipadamente (previsíveis/esperadas) e outras que podem acontecer de surpresa (imprevisíveis/inesperadas).

 

4. Pagar os Impostos: uma forma de cidadania

Todo o cidadão é sujeito aos ―deveres de cidadania, nomeadamente, o dever de respeitar a Constituição e as leis do país, o dever de participar na defesa da Pátria, o dever de votar, o dever de pagar impostos. O que são os impostos (diretos e indiretos) e para que servem numa sociedade. O exemplo da consignação fiscal como forma de doar sem custo.


Instituições participantes


AE Castelo maia

Escola Profissional Cândido Guerreiro

Escola Secundária D. Inês de Castro- Alcobaça

Colégio do Rosário

Escola Básica Vallis Longus - Valongo

Escola básica Eugénio dos Santos

Escola Secundária de Peniche

AERDL- Escola Eugénio dos Santos

Liceu Passos Manuel

Escola Básica e Secundária de Infias - Vizela

Escola da Pontinha

Escola Secundária Rainha Dona Leonor

Escola Secundária Luís Freitas Branco

 

Vê aqui a galeria


Referências Bibliográficas

Conselho Nacional de Supervisores Financeiros. (2015). Plano nacional de formação financeira princípios orientadores das iniciativas de formação financeira. Lisboa: CNSF.

Ministério da Educação e Ciência. (2013). Referencial de Educação Financeira para a Educação Pré-Escolar, o Ensino Básico, o Ensino Secundário e a Educação e Formação de Adultos. Lisboa: MEC.

Ministério da Educação e Ciência. (2015). Caderno de Educação Financeira 1. Lisboa: MEC.

Ministério da Educação e Ciência. (2015).Caderno de Educação Financeira 2. Lisboa: MEC.

Ministério da Educação e Ciência. (2015). Caderno de Educação Financeira 3. Lisboa: MEC.

 

 

O Sol nasce para todos
Organização Não Governamental para o Desenvolvimento
Facebook Youtube Instagram LinkedIn
Copyright 2021 Sol Sem Fronteiras Todos os direitos reservados
Design by: www.mediaminds.pt