11 de Agosto, 2022

6.º Encontro Missão Cor Unum

No fim-de-semana de 6 e 7 de agosto decorreu o 6.º Encontro Missão Cor Unum. O grupo de voluntários encontrou-se na Foz do Neiva (Castelo de Neiva, Viana do Castelo) para continuar com a preparação para este projeto missionário de voluntariado internacional de curta duração. O encontro teve lugar na casa Espiritana que aí se encontra, pelo que começamos por agradecer aos Espiritanos a cedência do espaço para o fim-de-semana.

As partilha e a reflexão em grupo tiveram grande destaque

A manhã de sábado começou com a partilha do P. João David Coelho, missionário espiritano recém-chegado do México. Ele partilhou um pouco as raízes da Congregação dos Missionários do Espírito Santo e o seu carisma, congregação esta que, através da Província Portuguesa, deu origem ao projeto Missão Cor Unum. Assim, o grupo conheceu melhor a vida dos seus fundadores – Cláudio Poullart des Places e Francisco Libermann – como eles deram origem à Congregação e como, nos dias de hoje, encontramos o carisma espelhado no projeto. A seguir, cada um dos voluntários refletiu sobre quais os traços carismáticos dos fundadores que sente que lhe faz falta, para uma vivência mais plena deste projeto de voluntariado.

Após o almoço, o encontro Missão Cor Unumo continuou com a partilha sobre o último capítulo da encíclica “Querida Amazónia”. A partir do texto, refletiram em conjunto sobre os caminhos para a inculturação, a inculturação social e espiritual, a vida das comunidades, o papel das mulheres, o ampliar de horizontes para além dos conflitos e a convivência ecuménica e inter religiosa. Todos foram convidados a refletir e a partilhar na implicação destes temas no dia-a-dia das comunidades amazónias, em particular, para o local onde o projeto terá lugar: Cachoeira do Arari, no Arquipélago do Marajó, no estado do Pará, Brasil.

De seguida, foi apresentado o programa proposto pelo P. David Charles, pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em Cachoeira do Arari, de forma a que todos possam refletir na duração e frequência das várias temáticas que cada grupo tem de trabalhar, nomeadamente na formação de líderes, na formação de saúde comunitária e primeiros socorros, formação bíblica, nos encontros de casais, de jovens e nas atividades com crianças, entre outros.

O grupo também participou nas atividades da paróquia

O grupo participou na eucaristia de Castelo do Neiva, na Paróquia de Santiago, onde se apresentou e aproveitou para fazer a divulgação e venda dos porta-chaves solidários que revertem para o projeto. Houve ainda tempo para um convívio e agradecimento generoso ao grupo da LIAM de Castelo do Neiva que dinamizou, durante todo o fim-de-semana, uma feira solidária que reverteu para o projeto Missão Cor Unum. Depois do jantar, o Encontro Missão Cor Unum continuou com um momento de convívio e de preparação para o dia seguinte.

No domingo o grupo participou nas duas eucaristias da manhã em Castelo do Neiva, continuando as vendas solidárias e divulgação do projeto. A seguir, trabalharam na organização logística do projeto: viagens, próximos passos, último encontro, malas, medicação, ponto de situação de angariação de fundos do projeto, entre outros assuntos inerentes à preparação do projeto.